Voleibol do Japão treina com robôs
Reprodução: YouTube

Humanos vs. robôs: voleibol no Japão

O Japão desenvolveu uma máquina robotizada para treinar a seleção nipónica de voleibol. São três robôs, ou seja, seis mãos, contra três jogadores de carne e osso.

Os “voleibots” foram criados para ajudar as equipas a treinarem os momentos chave: os ataques fortes, de cima para baixo, em salto.

Estes oponentes artificiais são controlados por pré-programação ou então podem ser controlados através de um ecrã táctil. O treinador pode definir áreas de bloqueio acima da rede.

Estas máquinas executam movimentos rápidos e conseguem “saltar”, imitando assim uma equipa bem coordenada.

É um projeto desenvolvido pela Universidade de Tsukuba, em parceria com o Projecto de Apoio de Alto Rendimento da Agência Desportiva nipónica.

Veja também
Também tem uma história para contar?
Queremos saber!