Vladimir Putin
(Reuters)

Putin sai em defesa de Trump

Donald Trump está envolto numa nova polémica, depois de ter partilhado informações secretas com a Rússia, e Vladimir Putin não quis manter-se fora da controvérsia. O Presidente russo saiu em defesa do homólogo norte-americano e prontificou-se a divulgar uma gravação da reunião na Casa Branca, onde tudo terá acontecido.

Putin garante que não foram transmitidas quaisquer informações secretas ao Ministro dos Negócios Estrangeiros russos, Sergey Lavrov, e que as alegadas acusações não passam de “esquizofrenia política”.

Se a administração norte-americano considerar necessário, estamos disponíveis para fornecer uma gravação da conversa entre Trump e Lavrov ao Senado e ao Congresso”, afirmou, durante uma conferência de imprensa, em Sochi, na Rússia, esta quarta-feira.

A notícia tem chocado os norte-americanos e pode até culminar no impeachment do Presidente dos EUA.

De acordo com a Reuters, Putin gozou ainda com a situação.

Falei com Lavrov hoje. Vou ser obrigado a dar-lhe uma reprimenda porque ele não partilhou esses segredos connosco. Nem comigo, nem com os serviços de informação russos. Foi muito mau da parte dele”.

Acabou ainda por apelidar de “ignorantes” todos os que acusam Trump e usam “slogans anti-Rússia” para tentar abalar a administração do Presidente.

Ou não percebem que estão a prejudicar o país deles – o que os torna apenas ignorantes – ou compreendem, o que os torna perigosos e maus”.

Veja também
Também tem uma história para contar?
Queremos saber!