Noite (Lusa/EPA)

Dificuldades em dormir aumentam problemas mentais

A conclusão é de um estudo da Universidade de Oxford que diz que a privação do sono leva ao aumento de problemas mentais. As alucinações e ansiedades reduzem quando se trata das insónias.

O grupo de investigadores publicou os resultados do estudo na revista científica Lancet Psychology.

Os pesquisadores procuraram a ligação entre o sono e o crescimento de problemas mentais e chegaram à conclusão de que a saúde mental é afetada quando há problemas em dormir.

Nesse estudo, os investigadores observaram que aquelas pessoas que procuraram tratamento para a insónia viram reduzir problemas do foro mental, tais como alucinações e paranoias, entre outras experiencias psicóticas.

A equipa de investigação era composta por varias instituições do Reino Unido e analisou mais de 3.700 inquéritos de estudantes de 26 universidades do país.

Durante o estudo, foram divididos os inquiridos em dois grupos: um pelo qual passaram por terapia do sono e outro para os que não mostraram problemas em dormir.

Ao longo do tempo foram feitas várias análises, quer no início, ao fim de 3, 10 e 22 semanas.

No final, e apesar de ter havido algumas desistências, os resultados mostraram melhorias nos que tinham problemas de sono, refletindo-se ausência de problemas mentais após a terapia.

Sintomas de ansiedade e depressão também caíram com grande expressão e os pesquisadores acreditam que essas melhorias estão relacionadas com sono bem cumprido.

Veja também
Também tem uma história para contar?
Queremos saber!