Este bolo esteve 100 anos na Antártida e pode ainda estar bom
FOTOS

Alguém deixou um bolo na Antártida durante 100 anos... e pode ainda estar bom

O Antarctic Heritage Fund é um grupo sem fins lucrativos neo-zelandês dedicado a conservar, partilhar e encorajar o espírito da exploração, especialmente na Antártida, inspirando-se em exploradores do século XX, como Robert Falcon Scott, Ernest Shackleton and Edmund Hillary.

Alguns membros deste grupo encontraram uma fatia de bolo de frutas na Antártida que, desconfiam, terá pertencido a Robert Falcon Scott, um explorador britânico, e à sua equipa, durante uma expedição que teve início em 1910.

Infelizmente, este bolo conseguiu o que Falcon Scott e a sua equipa não conseguiram: sobreviver ao Pólo Sul. Os exploradores, cinco no total, morreram antes de abandonar o continente gelado.

Os membros do Antarctic Heritage Fund descobriram o bolo, confecionado pelos britânicos Huntley & Palmers, numa lata perto da tenda de Falcon Scott. Segundo o seu relato, "parecia e cheirava como se ainda estivesse bom" para comer e é "o tipo de comida ideal para as condições antárticas e continua a ser uma opção nas viagens modernas ao gelo".

Veja também
Também tem uma história para contar?
Queremos saber!