MIL - Lisbon International Music Network
PROVADOR

Lisboa vai exportar música lusófona para a Europa a 1 e 2 de junho

Redação SPOT+

O Cais do Sodré vai ser palco do MIL - Lisbon International Music Network, que pretende ser a primeira grande plataforma de exportação de talento nacional e que vai receber um conjunto de agentes e profissionais do mundo da música.

O evento pretende criar uma rede que facilite a internacionalização da música lusófona e tem por missão a valorização e divulgação da música popular contemporânea lusófona.

O festival tem dois tipos de programa preparados para dois tipos de público. O programa Pro é reservado aos profissionais da indústria musical, nacional e internacional e conta com apresentações, debates e palestras que pretendem discutir e refletir sobre os desafios que a indústria musical enfrenta hoje em dia.

O preço é de 40 euros e, além da entrada prioritária nas salas de espetáculo, dá ainda acesso a todo o programa do festival, incluindo os debates, conferências e concertos para os dois dias.

Já o programa artístico é aberto ao público em geral e foca-se nos espetáculos ao vivo do festival. Ao todo são mais de 50 atuações em várias casas do Cais do Sodré: Music Box, B'leza, Sabotage, Lounge, Tokyo e Roterdão. O preço para este bilhete é de 20 euros.

Nesta primeira edição do festival, o MIL conta com uma parceria com França e a cidade de Paris: uma delegação de artistas, profissionais e jornalistas vai estar em Lisboa para promover o intercâmbio, encontro entre profissionais do setor e incentivar a criação de parcerias que promovam a produção e circulação de criação conjuntas.

Locais das conferências:
Fundação Arpad Szenes - Vieira da Silva (FASVS),  ETIC - Espaço Atmosferas, Pensão Amor e Sala do Arquivo da Câmara Municipal de Lisboa.

 

Locais dos espetáculos:
Musicbox, B'leza, Sabotage, Lounge, Tokyo e Roterdão.

 

Debates e conferências:
Mercado Português: O Estado Da Arte
A Arte De Programar
A Cidade Feliz
Política E Música Popular Contemporânea: Uma Relação Possível?
Construir Uma Banda
Os Direitos Dos Artistas Na Era Digital
Artistas E Managers: A Reinvenção De Uma Colaboração Em Desenvolvimento
A Força Criativa Das Editoras Independentes No Mercado Musical
Música: História E Tendências No Espaço Da Língua Portuguesa

Apresentação: Mercado Lusófono 2030
Apresentação: Brasil: 210 Milhões De Pessoas Que Não Conheces, Mas Devias Conhecer

Artistas confirmados:
A Cigarra & Birdzzie (BR/PT), Aamar (Lux), Adam Naas (FR), B Fachada (PT), Banda B.Leza (PT), Benjamim (PT), Bispo (PT), Cachupa Psicadélica (PT), Capitão Fausto (PT), Cave Story (PT), Da Chick (PT), Diron Animal (Ang), DJ Firmeza (PT), Duquesa (PT), Éme (PT), Faon Faon (Ch), First Breath After Coma (PT), The French Beat (FR), Galgo (PT), Golden Slumbers (PT), Izem (Live) (FR/Mar), Jiboia + Ricardo Martins (PT), Lavoisier (PT), Lawrence & The Hearts (FR), Linda Martini (PT), Luca Argel (Br), Maboku (PT), Marvel Lima (PT), Mazgani (PT/IR), Medeiros/Lucas (PT), Midnight Ravers (FR/Mali), Mirror People (PT), Momo (BR), Motta (IT), Paus (PT), Quelle Dead Gazelle (PT), Riding Panico (PT), Rocky Marsiano (PT), Scuru Fitchadu (PT), Selma Uamusse (PT), Sensible Soccers (PT), Sonars (It/Uk), Stone Dead (PT), Sun Glitters (Lux), Surma (PT),  The Sunflowers (PT), White Haus (PT), Xinobi (Live) (PT), You Cant Win Charlie Brown (PT)

À semelhança de outros festivais, vai estar disponível uma app do Lisbon International Music Network com toda a informação sobre o evento, horários, programa, salas e conteúdos exclusivos do MIL.

Veja também
Também tem uma história para contar?
Queremos saber!