Donadl Trump
Reuters

Donald Trump acredita ser vítima da "maior caça às bruxas da História da América"

Donald Trump acha que está a ser injustamente tratado e que a investigação encetada pelo Departamento da Justiça, esta quarta-feira, para apurar a ligação entre o Presidente dos EUA e a Rússia, é uma “caça às bruxas" sem precedentes.

Depois de quase 24 horas sem dar notícias, no Twitter, sobre a investigação para apurar se as a campanha eleitoral de 2016 teve interferência da Federação russa, Trump finalmente expressou a sua opinião.

“Com todos os atos ilegais que tiveram lugar na campanha de Clinton e na administração de Obama, nunca foi nomeado um conselho especial”, pode ler-se num dos tweets.

 

 

Minutos mais tarde, o presidente acrescentou: “esta é a maior caça às bruxas alguma vez feita a um político na História da América!”.

 

 

Os comentários surgem um dia depois de Trump ter declarado que uma “investigação exaustiva” iria provar que não houve ligação entre a sua campanha presidencial e qualquer identidade estrangeira.

“Como disse muitas vezes, uma investigação exaustiva confirmará o que já sabemos: não houve conluio entre a minha campanha e nenhum organismo estrangeiro”.

O Presidente norte-americano afirmou ainda, esta quarta-feira, enquanto discursava na Academia da Guarda Costeira, em Connecticut, EUA, que nenhum outro político na História foi tão mal tratado ou injustamente criticado.

“Nunca, nunca, nunca desistam. As coisas vão resultar. Vejam a forma como eu tenho sido tratado ultimamente, especialmente pelos meios de comunicação. Nenhum político na História, e eu digo isto com toda a certeza, foi tratado tão mal ou com tanta injustiça”. 

Veja também
Também tem uma história para contar?
Queremos saber!