Chimpanzés conseguiram aprender rapidamente as regras do jogo

Pedra-papel-tesoura não é um jogo só para crianças

Redação SPOT+

Investigadores das universidades de Quioto e Pequim ensinaram sete chimpanzés as regras do pedra-papel-tesoura com um écrã tátil de computador, registando o vencedor para cada combinação.

Ao fim de 300 sessões, a maioria dos primatas conseguiram perceber a natureza não-linear do jogo. Recordemos as regras: pedra ganha à tesoura, o papel cobre a pedra e a tesoura corta o papel.

As crianças conseguiram assimilar as regras do jogo mais depressa, mas os que tinham quatro anos de idade ou mais conseguiram jogar mais com a sorte do que com habilidade.

Na eventualidade de alguma vez vir a defrontar um chimpanzé num jogo de pedra-papel-tesoura, deixamos-lhe uma dica: os primatas tiveram maior dificuldade em perceber a supremacia da tesoura sobre o papel.

Veja também
Também tem uma história para contar?
Queremos saber!