A Apple deverá anunciar todas as novidades a 12 de setembro
FOTO: KEVIN COOMBS/REUTERS

iPhone 8 e iPhone X lançados hoje: o que já se sabe?

A Apple lança esta terça-feira os novos produtos que vêm seguir-se ao iPhone 7 e ao 7 Plus. Uma década depois do lançamento do primeiro modelo, acontece hoje mais uma atualização ao telemóvel que revolucionou o setor.

Vai ser num auditório com o nome de Steve Jobs, na Califórnia, e é um dos momentos mais esperados pelos apaixonados pela marca. À semelhança dos eventos anteriores, o evento vai ter transmissão online a partir das 18:00 horas, horário português.

O iPhone 8 e o iPhone X são lançados no Steve Jobs Theater, no Apple Park, uma infraestrutura também a estrear neste dia. Mas o que mais intriga os seguidores da Apple, que mantém segredo até ao dia de lançamento oficial, é o que aí vem em termos de dispositivos móveis.

Muito se especula acerca das características dos novos modelos, mas há quem diga que, em vez de dois, vão ser lançados três telemóveis: um iPhone normal, um modelo Plus e, em novidade, um “especial”.

Até agora, o que se fala acerca dos modelos iPhone 8 e 8 Plus é o seguinte:

Os preços devem rondar os valores do iPhone lançado pela última vez, ou seja, a partir de 779 euros para o modelo “normal” e 919 euros para o Plus, isto na fase de lançamento.

Estes modelos, em termos de RAM, mantêm as características, mas fisicamente serão observadas diferenças: o corpo será metalizado e em vidro.

Em vez de seguirem a tendência dos últimos, estes já não vão ser 7S e 7S Plus porque a última versão do sistema operativo já traz a designação 8.

Para a versão “especial”, o iPhone X é apontado como mesmo especial, tendo em conta as ferramentas que tem. Tem sido alvo de grande especulação e, por isso, é um dos mais esperados.

O modelo surge como celebração dos 10 anos do primeiro iPhone. Por isso, os criadores esmeraram-se, ao que tudo indica.

O design deste modelo parece ser inteiramente novo, com uma tela sem moldura preenchendo toda a frente do aparelho, à semelhança de alguns modelos da concorrente Samsung.

Com uma tela 100 por cento preenchida, deixa de haver espaço para o botão Home, o que, dizem os curiosos, deve passar para uma funcionalidade no próprio ecrã.

Neste caso, também o Touch ID deixa de estar presente, passando por isso a existir o Face ID, que vai permitir executar as mesmas funções – desbloquear e comprar na AppStore – mas através de reconhecimento facial.

Essa ferramenta já foi testada por um programador brasileiro, que partilhou nas redes sociais a experiência.

Guilherme Rambo usou a versão de testes do sistema operativo iOS11, lançada pela marca.

Ainda relativamente às atualizações dos novos modelos, espera-se que as câmaras do modelo X também tragam melhorias: a traseira deverá ter 12 megapixeis e a fronteira sete.

Este telemóvel deve ter um preço fixado acima dos 1000 euros.

Veja também
Também tem uma história para contar?
Queremos saber!