Pyongyang prossegue com os testes de mísseis apesar das sanções internacionais
FOTO: KCNA

Coreia do Norte voltou a lançar um míssil balístico e desta vez entrou em território japonês

Naquele que foi um teste pouco habitual, por ter acontecido durante a noite, a Coreia do Norte lançou mais um míssil balístico em direção ao Mar do Japão.

O míssil viajou cerca de mil quilómetros em linha reta e aterrou no mar do Japão, ao largo da costa leste da Coreia do Norte, já em plena zona económica exclusiva japonesa. A Coreia do Norte avançou com o teste apesar das sanções impostas pelas Nações Unidas.

A duração do voo deste míssil ultrapassou os 45 minutos, o mais longo de qualquer um dos mísseis anteriormente lançados por Pyongyang, principalmente aquele lançado a 4 de julho, feriado nacional nos Estados Unidos.

Entretanto, o Mar da China do Sul vai ser palco de manobras militares nos próximos tempos. O Reino Unido tenciona enviar um navio de guerra para a zona no próximo ano. A China considera esta decisão um ato de agressão contra a sua soberania, mas os britânicos defendem-se garantindo que se trata apenas de "exercícios de navegação livre".

Veja também
Também tem uma história para contar?
Queremos saber!