Donald Trump
[Lusa]

Donald Trump admite que revelou dados à Rússia por ter “todo o direito de o fazer”

O presidente dos Estados Unidos da América volta a estar envolto em polémica. Desta vez, através do Twitter, veio confirmar que revelou “factos pertinentes” à Rússia “sobre o terrorismo e segurança aérea”. A justificação? “Por razões humanitárias”, disse. Casa Branca e russos negam.

Donald Trump confirmou na rede social que partilhou com o ministro russo dos Negócios Estrangeiros, Sergei Lavrov, informação sobre o terrorismo porque quer que o país “intensifique a luta contra o Estado Islâmico”.

 

 

 

Como presidente quis partilhar com a Rússia (numa reunião aberta agendada) - aquilo que tenho o absoluto direito de fazer - factos pertinentes sobre o terrorismo e segurança aérea. Razões humanitárias. Mais, quero que a Rússia intensifique a sua luta contra o Estado Islâmico e o terrorismo", escreveu Donald Trump.

A Casa Branca tinha já negado que Trump tivesse revelado “fontes, métodos ou operações militares” do Daesh aos russos, desmentido feito também pelo secretário de Estado norte-americano Rex Tillerson.

O Kremlin, por sua vez, também descreveu as notícias da partilha de informação entre o presidente norte-americano e os russos como um assunto “completamente absurdo”.

De acordo com o Washington Post, Trump terá fornecido a Lavrov informação acerca da possibilidade de os extremistas usarem computadores portáteis em ataques terroristas em voos comerciais.

Veja também
Também tem uma história para contar?
Queremos saber!