Mónaco sagra-se campeão de França

Portugal continua à conquista de França

Dez meses depois de a Seleção Nacional ter conquistado o Euro'2016 em Paris, arrebatando assim o primeiro troféu internacional da história, Leonardo Jardim, João Moutinho e Bernardo Silva sagraram-se campeões franceses.

Há que não esquecer também Ivan Cavaleiro que ainda completou duas partidas na Ligue 1 antes de ser emprestado ao Wolverhampton, do Championship inglês.

Com o título de campeão conquistado esta quarta-feira, o Mónaco regressa à ribalta do futebol francês, um feito que perseguia desde 1999/2000.

Leonardo Jardim é campeão pela segunda vez na carreira, depois de ter conquistado o título ao serviço no Olympiacos, na Grécia, e tornou-se no segundo treinador português a ser campeão em França, depois de Artur Jorge ter vencido a Ligue 1 em 1994, ao serviço do Paris Saint-Germain.

Os outros portugueses no plantel também não são novatos no que a títulos diz respeito. Para João Moutinho é o quarto título de campeão da carreira, depois de já ter vencido três ligas ao serviço do FC Porto. Já Bernardo Silva conquista o segundo grande troféu da carreira, depois de ter sido campeão no Benfica, em 2013/14, apesar de ter jogado apenas na última jornada, no Estádio do Dragão.

Portugueses não são esquecidos pelos antigos clubes

Nas redes sociais, Sporting e Benfica deram os parabéns aos "seus" campeões. Os encarnados felicitaram Bernardo Silva com uma mensagem no Twitter.

Os verde e brancos também congratularam Leonardo Jardim, treinador que passou por Alvalade, parecendo, no entanto, ter-se esquecido de João Moutinho, jogador que fez a formação nos leões, nas celebrações.

Na Ucrânia também se festejou em português

No entanto, Leonardo Jardim e companhia não foram os únicos a vencer lá fora. O Real Madrid venceu o Celta de Vigo por 4-1, com dois golos de Cristiano Ronaldo, e está agora a apenas um ponto da conquista da liga espanhola.

Também na Ucrânia houve um português a festejar: o Shakhtar Donetsk, equipa orientada por Paulo Fonseca, conquistou a Taça da Ucrânia ao derrotar o Dínamo de Kiev, depois de já ter conseguido vencer o campeonato, alcançando assim a dobradinha do futebol ucraniano.

Veja também
Também tem uma história para contar?
Queremos saber!