Warda chegou, treinou-se uma vez e pode ser devolvido ao PAOK por ter assediado
FOTO: AMR WARDA/FACEBOOK

Chegou há três dias e pode ser despedido por ter assediado as mulheres dos companheiros

Redação SPOT+

Amr Warda não teve a estreia de sonho em Portugal. O avançado egípcio chegou ao Feirense há três dias por empréstimo do PAOK, mas já se meteu em apuros e pode mesmo ser recambiado de volta para a Grécia.

Segundo conta o jornal Record, Warda terá importunado as mulheres de dois colegas de equipa logo após o primeiro treino em que participou desde que chegou a terras lusitanas. A SAD do clube de Santa Maria da Feira instaurou-lhe um processo disciplinar que pode mesmo culminar na sua devolução ao PAOK, que tinha emprestado Warda ao Feirense até ao final da temporada.

O comportamento inapropriado de Warda surpreendeu os companheiros de equipa, especialmente os maridos das duas senhoras em questão, que quase agrediram fisicamente o recém-chegado futebolista. De modo a não desestabilizar ainda mais o grupo, Warda não voltou a treinar com a equipa.

O treinador da formação da Feira não quis alongar-se sobre o assunto: "Apenas realizou exames médicos e físicos, ainda não está integrado com a equipa", disse simplesmente Nuno Manta, em conferência de imprensa.

O Record contactou com Warda, que negou qualquer incidente, afirmando, no entanto, que estava a treinar-se normalmente com o resto da equipa.

Veja também
Também tem uma história para contar?
Queremos saber!